Domingo, 11 de Março de 2007
Os Novos Monstros (1)

A maneira como uma sociedade trata os  idosos é um bom barómetro do seu grau de civilização. Na nossa rica Europa, em África, em sociedades rurais ou industrializadas, em qualquer lugar. Há valores que são transversais e que têm mais a ver com humanidade que com "desenvolvimento" ( o que quer que isso signifique...).
Isto é verdade, não só quanto às políticas desenvolvidas no apoio à chamada "terceira idade" pelos governos, mas também, e antes de mais, quanto à maneira como cada cidadão ( ou coisa parecida...) cuida dos seus próprios familiares que, devido às contrariedades próprias da velhice, precisam do apoio dos mais novos.

Vem isto a propósito de uma notícia hoje divulgada na SiC On Line, onde se refere que foi fechado um lar de idosos, devido à absoluta degradação das suas condições de funcionamento, sendo que os utentes estavam sem comer há dois dias e sem água quente para a sua higiene pessoal. Situação evidentemente triste e altamente condenável.
Mas há mais....e pior !
Sete dos idosos do Lar " O Bom Amigo" ( nome interessante....) na Amadora, arredores de Lisboa, apesar da dramática influência do acontecimento nas suas vidas, não foram acolhidos pelas respectivas famílias, que desprezaram a sua situação e se estiveram absolutamente "nas tintas" para o que possa acontecer aos seu familiares idosos. Inacreditável e monstruoso ! Mas não tão raro quanto se pense : são também numerosos os casos de pessoas abandonadas nos hospitais, cujas familias pura e simplesmente os ignoram.
Vivemos numa época e com um modelo de sociedade que estão a ficar perigosamente decadentes e insustentáveis. E a culpa não é só dos governantes. Está á vista, e o pior cego é aquele que não quer ver. Isto qualquer dia vai ter que "dar para o torto". Não faltam motivos.


tags:

segismundoquê? às 15:58
link do post | comentar | favorito

.mais sobre mim
.pesquisar
 
.Novembro 2007
Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab

1
2
3

4
5
6
7
8
9
10

11
12
13
14
15
16
17

18
19
20
21
23
24

25
26
27
28
29
30